[MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Compartilhe
    avatar
    BomberBen
    Admin

    Mensagens : 444
    Data de inscrição : 21/12/2008
    Idade : 25
    Localização : Hannover, Alemanha

    [MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Mensagem por BomberBen em Qua Ago 10, 2011 2:45 am

    TAG TEAM ACTION - PRO-WRESTLING REVENGE!;
    MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK
    & VS. &

    - Triple H e CM Punk ficaram de fora do torneio apos terem perdido contra John Morrison e Kane, respectivamente. Agora juntam-se em equipa para tentar derrotar o 'underdog' Rey Mysterio e a bela 'Melina'. O combate pode tomar qualquer rumo e sera engraçado ver como HHH e Punk vao actuar enquanto equipa, esperando-se uma perfomance muito forte por parte de Mysterio e Melina que treinam arduamente para cada combate que esta marcado.
    avatar
    Tanana

    Mensagens : 72
    Data de inscrição : 22/12/2008
    Idade : 27
    Localização : Moscavide

    Re: [MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Mensagem por Tanana em Qui Ago 11, 2011 1:58 am

    Na manhã seguinte Melina é acordada pela sua amiga. Estava uma manhã encantadora e ainda se podia sentir aquela brisa suave. Melina e Mickie abrem as janelas dos quartos para deixar entrar os raios de sol e aquele ar tão ameno. De seguida, as duas descem as grandes escadarias, tapadas por longas e robustas carpetes vermelhas, para irem tomar o pequeno-almoço à cozinha. Ao chegarem a meio das escadas, deparam-se com um presente no fundo das mesmas. Melina fica sem reacção por momentos. O seu coração batia tão forte que quase jurava que Mickie o conseguia ouvir! Quando voltou a cair em si, desceu as escadas a correr, pegou na caixa e pousou-a de lado, chamando a amiga para irem comer, avisando que depois logo abriria o presente desconhecido.
    O pequeno-almoço estava preparado. As duas comem umas torradas com pouca manteiga, um sumo de laranja natural e um pouco de café no final. Ao terminarem, Mickie não consegue deixar de questionar a amiga.

    Mickie: Melina, de quem era o presente?

    Melina: Não sei Mickie, mas também gostava de saber. À uns dias que ando a receber umas ameaças um pouco estranhas…

    Mickie (fazendo uma cara séria): Ameaças?! Mas que ameaças? Tu não me falas te de nada!

    Melina: Por isso mesmo é que te pedi para cá vires, tenho umas coisas para te mostrar.

    Melina sobe rapidamente as escadas e dirige-se ao seu quarto, trazendo com ela a carta e o boneco com a mensagem. Ao chegar à sala mostra logo a carta a Mickie, juntamente o boneco.

    Carta:

    Melina nós avisamos-te que mais tarde ou mais cedo algo te ira acontecer, por tanto aqui está mais uma prova.
    Acreditas-te mesmo que aqueles eram mesmo repórter’s?
    Mas não eram, aquilo tudo foi um plano para podermos tirar partido da tua voz e seguirmos com o que temos em mente.
    Vamos fazer de tudo para tu saíres prejudicada em tudo o que faças, até mesmo no teu querido hospital mas o melhor será nos teus combates, que tanto fazes por amor a tua profissão.
    Podes ficar a espera que daqui a umas horinhas irá te aparecer uma coisa em casa que vais desejar nunca ter visto.

    Melina: Essa foi a carta agora vê o boneco com a mensagem…

    Mensagem:

    Estás a ver esse bonequinho muito giro?
    É claro que estás pois se não, não estarias a ler esta mensagem especialmente feita para ti.
    Isto é que poderá te vir a acontecer, mas atenção será quando tu menos esperas.
    E agora vou te deixar ir dormir com os anjinhos em forma de diabinhos, pois não te iremos assustar de uma só vez, irá ser tudo feito aos poucos para sofreres aos poucos como eu sofri, por tua culpa.


    Mickie fica pálida e deixa cair o queixo, tal o espanto ao ler aquilo tudo. Ainda mais chocada fica com o boneco com uma corda ao pescoço.

    Melina fica a olhar para Mickie quando esta diz algo.

    Mickie: Mas tu já contaste a alguém o que te andam a mandar? Já foste a policia? Melina, tens que fazer algo!

    Melina: O que queres que faça? Eu já estou a tentar descobrir quem me anda a enviar estas coisas, mas o pormenor é entrarem na minha casa sem ninguém saber e sem ninguém dar conta !Mas eu vou descobrir quem é que me anda a fazer isso, fica descansada.

    Mickie: Como queres que fique descansada, sabendo que uma amiga minha anda a ser alvo de ameaças? Não há como estar descansada!

    Mickie dirige-se até onde a sua amiga colocara o presente e decide abri-lo.Ao abri-lo encontra lá um CD que tinha como titulo “Ai de ti que contes a alguém”. Mickie engole em seco, assustada.Decide então, ir ter com a sua amiga e coloca o CD no leitor de DVD’S para verem o que se encontrava no mesmo .

    Ao passarem a gravação ficam chocadas com o seu conteúdo. Era tudo menos agradável! Parecia o inferno! Só se via sangue em todo o lado, pessoas com mascaras, espancando uma rapariga amarrada, amordaçada e desidratada, num chão imundo. A rapariga tentava gritar, mas já não tinha voz, tal as dores que sentia.

    Melina pára a gravação completamente em choque.

    Melina: Mickie, eu não acredito nisto! Esta gente é mesmo doida!! Como são capazes de fazer aquilo a pessoas inocentes e que nem têm nada haver comigo?! Eu ainda estou parva com isto…

    Mickie: Eu acredito, nem eu consigo acreditar no que acabamos de ver… Mas repara bem que no final aparece umas letras em ponto pequeno que dizem:



    Melina: Mickie, mas o mais estranho, é que aquela pessoa é-me familiar… mas não estou a ver de onde.

    A gravação tinha várias falhas, que impediram as raparigas de poderem ver bem os rosto da rapariga.

    Mickie: Mas tens que fazer alguma coisa em relação ao que te estão a fazer não achas?

    Melina: Mas eu vou saber quem é a pessoa e só depois farei algo. Eu não posso prejudicar ninguém, não quero que saiam magoadas pessoas por minha causa!

    Mickie: Eu percebo isso mas…

    Mickie é interrompida por Melina, pois esta encontrava-se a queixar –se do seu pé. Foi então que Mickie olha para ela e vê que esta estava a sangrar bastante.

    Mickie: Melina, tu já foste ao hospital depois do combate?

    Melina: Não, eu estou bem! (agarrando-se com força a sua perna)

    Mickie: Não! Tu não estás nada bem! Olha me para esse sangue todo?!

    Mickie não a deixa responder e agarra nela, levando-a imediatamente para o hospital.
    Ao chegarem, Melina encontrava-se branca pois tinha perdido muito sangue. Mickie fala com os médicos enquanto Melina é tratada e tem a informação de que a amiga tem que passar lá a noi
    te.
    avatar
    Miranda

    Mensagens : 60
    Data de inscrição : 30/07/2011

    Re: [MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Mensagem por Miranda em Sex Ago 12, 2011 5:53 pm

    Estava um dia razoavelmente frio, com muita chuva, o céu estava escuro, e dava sinais que este mau tempo estava para continuar. Mesmo no centro da cidade, encontrava-se o Hospital, um grande edifício que tinha sido remodelado à cerca de uns 5 anos para cá, desde o século 18 que se encontrava em funcionamento, era o Hospital mais eficaz do país. Tinha muitas salas, vários blocos operatórios, estavam asseguradas pelos seus médicos e enfermeiros quase todas as especialidades.
    Na sala de espera na secção da ortopedia, estava cheia de gente, várias figuras conhecidas do desporto iam ao hospital pedir conselhos médicos sobre lesões que tinham sofrido, lá dentro ambiente era algo intenso, os médicos e enfermeiros a correr de um lado para o outro não ajudavam nada.
    As pessoas estavam ansiosas por serem chamadas mas parecia que demora anos para alguém ser atendido. A enfermeira chega à sala e tudo parou, alguém ia ser chamado.



    Enfermeira: Senhor Hunter, por favor siga-me.


    Hunter, levanta-se pega no seu saco e acompanha a enfermeira até ao consultório do médico que o ia atender.



    Enfermeira: Está aqui o Hunter, senhor doutor.


    Dr:Senta-te Hunter, já vamos falar sobre os teus exames.


    Dr : Não devias ter combatido na semana passada, podias ter de acabar a carreira.


    HHH: Tive de combater, mas vou precisar de parar? (pergunta com um bocado de nervosismo à mistura)


    Dr: Tens de seguir um tratamento muito duro, e como sabes terás de enfrentar os efeitos secundários, Hunter.


    HHH: Eu faço o que for preciso, o que importa é continuar a combater.


    Dr: Se seguires o tratamento que te vou dar, vais continuar a fazer o que mais gostas. E não te preocupes de teres perdido o primeiro combate, o joelho não ajudou.

    HHH: Perdi, está perdido. Que venha o próximo, e as coisas serão totalmente diferenças.


    Dr: Vou dar-te uma receita, que vai diminuir as dores no joelho. Vai à farmácia, e toma os medicamentos antes das refeições, e meia hora antes dos combates.


    HHH: Ok. Obrigado.


    Dr: Depois liga-me se houver algum problema.


    HHH: Esteja descansado. Vá, obrigado e até logo.


    Dr: Até logo, Hunter.


    Hunter, despede-se o seu amigo doutor, pega no seu saco, e abandona o local, sai do hospital. Quando chega lá fora parecia que o dia estava a melhorar circunstancialmente, a chuva tinha desaparecido, a estrada estava praticamente seca, só nas beiras da estrada é que ainda havia sinais de chuva, e o calor parecia assombrar o dia, e dirigiu-se para o café para tomar uma alguma coisinha, que a sede e a fome já se estava a fazer notar.
    Hunter, chega ao café, era um café pequeno, o café estava cheio de pessoas, muito barulho se ouvia, Hunter não gostou nada do ambiente, já imaginava que ia ser incomodado pelas pessoas, mas mesmo assim manteve-se no café, sentou-se na mesa, e lá pediu o que desejava, mas rapidamente foi incomodado por uma série de homens que se encontravam no café.



    Homem1: Tu não és o Triple H?


    HHH: Sim sou eu. Que posso fazer alguma coisa por ti?


    Homem1: Perdeste com o John Morrison. Ahahahah, que vergonha.


    Homem2: És um falhado.

    Triple H não reagia, só se ria.


    Homem3: Estás-te a rir? Eu chorava. A tua carreira, está terminado perdedor.


    Um dos homens pega no copo que estava a mesa e atira contra a face de Triple H, e o grupo ri-se feito tolo. Triple H levanta-se, abre o seu saco e tira a marreta e arrumou de imediato o grupo, deixando-os estendidos no chão, e começa a destruir as mesas, um acto de fúria, deixa as pessoas que se encontravam no café em choque e pânico, o gerente do café liga rapidamente para a polícia. Hunter, não se conseguia controlar, e destruía tudo o que lhe parecia à frente, o café estava totalmente destruído. Entretanto, a polícia chega e detém Hunter e transporta-o para a esquadra.

    avatar
    Tanana

    Mensagens : 72
    Data de inscrição : 22/12/2008
    Idade : 27
    Localização : Moscavide

    Re: [MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Mensagem por Tanana em Sab Ago 13, 2011 7:38 pm

    Podiam observar-se as pálidas quarto paredes e sentir aquele cheiro tão característico dos hospitais. Havia uma pequena televisão na parede pousada num suporte preto, que contrastava com o branco das paredes e dos mais variados aparelhos médicos que se encontravam no quarto. Os raios de sol entravam pela pequena janela entreaberta. Era de manhã. Melina acorda um pouco atordoada devido a todos os medicamentos que teve de tomar e à transfusão de sangue a que foi sujeita. Chamou pela sua amiga que se encontrava meio adormecida no cadeirão ao lado da sua cama.

    Mickie ao ouvir a sua amiga a chamar por si, acorda assustada, virando -se imediatamente para esta. Ao ver que a amiga se encontrava bem, apesar de um pouco confusa, decide chamar o médico para saber se já poderia levá-la para casa.

    Depois de uns bons minutos a falar com o médico, tentado de todas as formas convencê-lo a deixar levar Melina para casa, lá consegue.

    A caminho de casa, Melina estava muito pensativa. Mickie repara e pergunta-se no que será que esta estaria a pensar. Apesar da curiosidade, decide não interromper os pensamentos da Diva.

    Pensamento:

    O meu combate foi tão injusto! Como foi possível ela conseguir vencer-me?! Só mesmo com ajuda das cordas é que ela vai lá!
    Estou melhor que ela? Ou será só impressão minha?! Eu acredito mesmo que tenha sido possível o arbitro não ter reparado no que ela fez… Mesmo assim, é tão injusto! Eu merecia vencer!
    Estava lesionada, mas mesmo assim estava a dar-lhe mais do que alguma vez pensei poder fazer estando assim, nesta condição física.
    Mas paciência, ela sai vitoriosa mas também há de ter aquilo que merece.
    A vingança serve-se fria!! (diz falando em voz alta para si mesma)

    Mickie ficou a olhar para Melina sem saber o que dizer e pensar daquelas palavras proferidas por Melina em voz alta.

    Ao chegarem a casa de Melina, Mickie decide entrar e conversar com esta para lhe dar na cabeça, sobre o que a Diva andava a fazer. Não andava a ser responsável, precisava de alguém que lhe abrisses os olhos.

    Mickie: Mel, agora que estamos em tua casa e sozinhas, podes me explicar umas coisinhas?

    Melina: Claro, querida! Chuta lá as tuas perguntas. (diz num tom de brincadeira, pensando que esta estava na brincadeira)

    Mickie: Amiga, como foste capaz de ir combater naquele estado e, pior ainda, depois do combate não ires ao médico para tratares desse pé?

    Melina: Eu não podia perder aquele combate por nada deste mundo, aquilo é a minha vida e tu tão bem como eu sabes que é verdade…

    Mickie: Eu percebo isso… Mas foste irresponsável! Rebentas-te os pontos com essa brincadeira, passaste a noite a deitar sangue e aos poucos ficaste como ficaste, tendo ontem que ir para o hospital. E para quê? Para teres perdido aquele combate?!

    Melina interrompe

    Melina: Mickie, eu só perdi o combate porque ela usou as cordas para o conseguir! Viste muito bem ou não viste? Eu perdi injustamente, sabes bem que é verdade. Ela fez batota!

    Mickie: Sim, perdeste injustamente! Mas devias de ter ido logo ao médico, isso não justifica a tua falta de consciência, não achas?

    Melina: Ok, tens razão! Desculpa, nunca mais volta a acontecer.

    Mickie: Espero bem que não Melina, se não vou me chatear contigo… (ri-se) Mas mudando de assunto…Já viste contra quem vais combater?

    Melina: Eu não, como queres que tenha visto se passei a noite no hospital?

    Mickie: Ah, pois…Esquece! (ri-se) Eu digo-te… Mas não queres adivinhar?

    Melina: Contra a Lita de novo? Para poder ter a minha desforra e mostrar quem é a grande lutadora?

    Mickie: Nada disso, é contra o Triple H e o CM Punk, sendo um combate de tag team e o teu companheiro/a é o/a…


    Melina interrompe…

    Melina: Não me digas que é quem eu estou a pensar?

    Mickie: Melina, calma sim? O teu parceiro é o Mysterio.

    Melina: A sério? Será bastante interessante, então.

    Mickie: Mas vamos lá ver se tu estarás em condições de ir combater até lá, não te esqueças do pé.


    Melina: Ok, já percebi mamã. (diz num tom de brincadeira)

    Mickie acompanha os risos mas lembra que ficará de olho em Melina.

    Melina e Mickie decidem ir até a piscina privada desta para se poderem refrescar um pouco, pois estava calor, sendo o mais irónico o facto de Melina se encontrar com o pé lesionado, mas sentia-se bem dentro de água. As duas aproximam-se da piscina, quando reparam numa mancha avermelhada no fundo da mesma.

    Melina e Mickie: Mas o que é aquilo?!? (Dizem ao mesmo tempo, com ar assustado)
    avatar
    Magano

    Mensagens : 54
    Data de inscrição : 23/07/2011

    Re: [MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Mensagem por Magano em Dom Ago 14, 2011 10:31 am

    Dia pacato na UWA, Rey Mysterio sai do seu camarim, e depara-se com um individuo pronto a bater á porta, com cerca de 10 ou 20 centímetros mais alto do que Mysterio mas com metade da sua largura. Este parecia um tanto ou quanto nervoso, e trazia um microfone na mão.

    Rey Mysterio: Sim?

    Entrevistador: Posso, posso entrar?

    Rey Mysterio: Claro ! Mi casa es tu casa.

    Rey Mysterio volta a entrar no camarim entrevistador entra com ele e fica espantado com a humildade na decoração do camarim de Rey Mysterio, comparando-o com certos camarins de certas vedetas, ou melhor, ascendentes...

    Entrevistador: O seu camarim é bastante humilde...

    Rey Mysterio: O que esperava? Nunca fui um menino rico como muito que por ai andam, na verdade, também nunca senti falta. Quando se nasce com pouco dinheiro, poder e influencia na minha terra, nao há muito a fazer, hoje em dia é dificil subir na vida, tive apenas a sorte da WWE, e agora da ainda em ascenção, UWA. Por isso gosto de me manter fiel ao meu passado, e apesar de ter dinheiro agora, prefiro guardá-lo para algo mais preciso, e que valha realmente apenas.

    Entrevistador: Penso que é possivel reparar nisso...

    Rey Mysterio: Sim, mas o que veio cá fazer?

    Entrevistador: Bem, vinha apenas perguntar-lhe a sua opinião e expectativa para o combate que irá ter neste terceiro show... aqui na UWA.

    Rey Mysterio: Combate?

    Entrevistador: Melina & Rey Mysterio vs Triple H & CM Punk ?

    Rey Mysterio: Ah! Já nem me lembrava, sim já fui informado do trabalho, e sinceramente nao tenho nada a dizer. Irei dar o meu máximo tal como em todos o combates da minha vida.

    Entrevistador: Expectativas da sua parceira? Acha um combate injusto?

    Rey Mysterio: Ela parece-me esforçada e dedicada a este mundo, e por isso, isso acalma-me, pois sei que ela vai saber fazer o trabalho dela. Quanto aos nosso adverários... CM Punk? Sinceramente ainda nao ouvi falar muito dele, e o interesse nao é muito também, quando ao outro individuo, o Triple H, esse para mim é uma vergonha total. Já ouvi falar do que ele fez no outro dia, lá não sei onde, quando espancou não sei quem, e sinceramente, se fosse eu a mandar nesta grande casa, não permitiria animais, apenas pessoas.

    Entrevistador: Eu ainda nao ouvi dizer nada mas certamente que a noticia de tal incidente irá percorrer os corredores da UWA, se for verdade.

    Rey Mysterio: Por ultimo só lhe digo... Por mais que a força e a brutalidade ajudem, isso não chega para ganhar combates. Há algo muito mais importante, como por exemplo a inteligência, habilidade, agilidade, essas coisas todas que abrasem muito poucos wrestlers nesta federação, pelo que tenha visto. Só te digo que apesar de não ser daqueles wrestlers que gostam de mandar os adversários para o lixo, o Triple H e o CM Punk irão ter o mesmo destino que o Luis Salvador, independentemente das diferenças entre ambos.

    Entrevistador: Mais alguma coisa? Ansioso pelo combate? O que está a sentir neste momento a vibra dentro de si?

    Rey Mysterio: La pasión por el mundo de la lucha libre!

    O entrevistador sai pela mesma porta por onde entrou, sorindo ao ler as anotações que havia tirado das respostas de Rey Mysterio.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [MNS #3] MELINA & MYSTERIO VS. TRIPLE H & CM PUNK

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Maio 22, 2018 9:40 am