[MNS #2] LITA VS. MELINA

    Compartilhe
    avatar
    BomberBen
    Admin

    Mensagens : 444
    Data de inscrição : 21/12/2008
    Idade : 25
    Localização : Hannover, Alemanha

    [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por BomberBen em Seg Ago 01, 2011 10:12 pm

    DIVAS TIME - DIVAS MATCH-UP
    LITA VS. MELINA
    VS.

    - No primeiro show, Melina lutou contra um homem, mas agora chegou mais uma diva a UWA! LITA! Lita nao tem nada a perder, ja Melina, apos a sua experiencia na divisao de homens, devera estar preparada para derrotar a diva, que se estreia na UWA. O primeiro combate entre divas na UWA!
    avatar
    Amy

    Mensagens : 30
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Amy em Qui Ago 04, 2011 7:23 pm

    Era um novo dia. Muito melhor que o anterior. Tudo estava a correr bem para Lita. O seu medo foi derrotado e estava prestes a entrar numa nova “aventura”. Chegar ao topo. Ser a #1. UWA, uma nova Era. Vencer. Era, no momento, a palavra preferida de Lita. Apesar de toda a frustração, raiva e também maldade, Lita estava disposta a tornar-se numa nova mulher, muito mais feliz, disponível para qualquer pessoa. Aquela Lita da WWE, já não existia. Aquela personagem má “morreu” no momento em que o seu triste passado acabou. Agora tudo ia ser melhor…

    A comunicação social não soube, nem ia saber do passado da Diva. Segredo. Mas a comunicação social queria saber quais os novos objectivos para a sua carreira. Ao da WWE de uma maneira tão vergonhosa, sem qualquer respeito por parte de todos, depois de tudo o que Lita lhes deu: emoção, luta, não souberam agradecer. Depois da saída da Diva deste mundo, mais ninguém soube nada dela. Por isso mesmo os jornalistas fizeram uma espera no portão da bela mansão da Diva. De manhã, quando Lita acordou, foi à janela e viu os jornalistas que ali estavam. Ficou um pouco aborrecida. A vontade de falar com aqueles parasitas era nula. Tomou um duche, vestiu-se, arranjou o seu cabelo, foi tomar o pequeno-almoço, muito calmamente. E foi falar com os jornalistas.

    Jornalista 1: Lita, LITA! Eu e o meu colega somos de uma revista apenas sobre Wreslting. Quer comentar o seu regresso?

    Lita: Bom dia. Bem, por onde devo começar? Este regresso vai ser muito bom para a minha vida, tem um grande significado. Depois de sair da WWE, a minha vida estava um caos, andava confusa, cansada… Até fiz uma viagem pelo mundo para descansar… Entretanto, o meu caro padrasto suicidou-se, fiquei muito abalada e, desde então, fiquei longe deste mundo da luta. Mas agora, estou de volta. Até posso dizer que é em honra do meu ente-querido. (falando “amavelmente” para os jornalistas e sorrindo).

    Jornalista 1: E sente-se preparada para tal?

    Lita: Eu sei que estive muito tempo fora dos grandes ringues, mas acredite que estou bastante preparada para este novo desafio!…

    Jornalista: Vamos poder ver uma “nova” Lita?

    Lita: Claro que sim! É por isso mesmo que também aceitei este convite. Fiquei um pouco desiludida, confesso, com a desastrosa saída, mas estou disposta a agradar a todos…

    Jornalista 2: E o que acha da sua adversária para a estreita no UWA?

    Lita: Quem é?

    Jornalista 2: A Melina Perez.

    Lita: Não sabia que ela também ia estar presente na UWA. Mas que bom, ter uma “colega”… Vai ser um bom combate, aposto!

    Os jornalistas olhavam uns para os outros, satisfeitos com a nova atitude de Lita.

    Lita: Sempre a admirei, acho que é uma boa lutadora e sempre teve garra… (forçando o sorriso).

    As perguntas tinham acabado, Lita volta para casa…

    Lita: Um dia, vou para a representação(sorrindo).


    avatar
    Tanana

    Mensagens : 72
    Data de inscrição : 22/12/2008
    Idade : 27
    Localização : Moscavide

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Tanana em Sex Ago 05, 2011 11:55 pm

    Estava um dia agradável. O céu estava limpo e o sol brilhava intensamente. O ambiente estava quente e abafado, não corria brisa alguma. Nesta altura, só se via gente a correr para a praia, tal o calor que se fazia sentir. Melina encontrava-se na esplanada do bar da praia. Esta estava com ar cansado, olhando calmamente à sua volta. Podia observar-se crianças a correr pelo areal, outras brincavam na areia, fazendo castelos e desenhos. Havia também pessoas a fazer exercício. A Diva olha para trás, e tal não é o seu espanto quando vê a sua grande amiga Mickie.

    Melina: Olá amiga! Não esperava encontrar-te!

    Mickie: Oh! Que surpresa estares por aqui!

    Melina: Como estás?

    Mickie: Eu estou bem… Tu é que não pareces lá muito bem! Que se passa contigo?

    Melina: Comigo? Bem, perdi o meu combate anterior! (diz com um ar triste)

    Mickie: Então, mas o que aconteceu?

    Melina: O combate estava a correr muito bem, até que ele fez com que eu caísse de cara contra o chão e bem… foi o meu fim!

    Mickie: Mas tu lutaste contra um wrestler? Não posso acreditar! (diz com ar admirado)

    Melina: Mas acredita que é verdade! Eu tenho lá em casa uma cópia do combate, depois eu dou-ta para tu veres.

    Mickie: Ok. Então mais logo passo na tua casa e vemos!

    Melina: Combinado. Bem, vamos desfrutar da praia, que o tempo está uma maravilha, coisa que já não se via à uns dias!

    Mickie: Concordo contigo! Vamos lá dar uns mergulhos para no refrescarmos.

    Melina e Mickie vão a caminho da água quando, naquela areia branquíssima, se encontrava um pedaço de vidro e Melina colocara o seu pé em cima do mesmo, fazendo um grande corte no pé.
    Melina senta-se na areia, queixando-se e, muito aflita, chama pela sua amiga que se encontrava um pouco mais a frente. Mickie, preocupada, senta-se à beira da amiga, perguntando o que se passa. Melina explicou o que tinha acontecido e, quando Mickie vê bastante sangue decide chamar o nadador salvador . Mickie correu pelo areal e, quando chega mais o nadador salvador, Melina encontrava-se pálida, muito mais branca que a lixivia neo blanque depois de ter sido aplicada numa camisa branca.
    Decidem levá-la para o hospital mais perto que, por sua vez, era o antigo local de trabalho de Melina, onde antes trabalhava o tempo inteiro e não por metades como agora. Mal entra pela porta das urgências, já tinha à sua espera colegas de equipa que a levam para dentro. Ao observarem-na olham muito fixamente para ela.

    Colegas: Nós bem te avisamos para teres cuidado, não foi?

    Melina fica a olhar muito séria para eles e faz umas quantas caretas. Mas de repente lembra-se, que para eles dizerem aquilo é porque seria algo de muito grave e sério. Fazendo uma cara muito triste, deixa cair uma lágrima.

    Colegas: Nós já percebemos que ficaste muito em baixo, mas não precisas de ficar assim, porque só tens um corte assim um pouco para o fundo que só precisará de levar uns pontos.

    Melina: (grita) Não pode ser! Vocês só podem estar a gozar comigo! Eu não posso ficar assim!

    ( Mickie já estava a entrar em parafuso, na sala de espera, por não saber nada da sua amiga)

    Colegas: Calma, como dissemos e só um cortezinho.

    Melina: Pois, isso é o que nós dizemos aos nossos pacientes para eles ficarem mais descansados, não se esqueçam que fui eu que vos disse para fazerem isso, quando as coisas são sérias.

    Colegas: Tens razão mas…

    (São interrompidos por Mickie que já não aguentava mais aquela espera)


    Mickie: Mas?! Mas o quê? Melina tu vais ficar bem, não vais?

    Melina: Sim, quer dizer eu penso que sim…

    Mickie agarra um dos enfermeiros e diz para este fazer os possíveis e impossíveis para ela ficar bem o mais rápido possível.

    Melina agarra a mão da amiga e pede para esta largar o braço do enfermeiro pois já o estava a apertar.
    Mickie envergonhada pede desculpa e vai aguardar na sala de espera, de novo.

    Colegas: Bem, Melina continuando, sabes que vamos ter que te dar uns bons pontinhos nesse pé e não vais poder caminhar em cima dele durante umas semaninhas, não sabes?

    Melina: Não pode ser! Não pode! Eu tenho combate já esta segunda-feira e não posso faltar.

    20 minutos depois Melina sai de muletas e quando chega perto da sua amiga deixa cair umas quantas lágrimas. Mickie tenta consolar a sua amiga, contudo todos os esforços desta parecem inúteis. Melina estava inconsolável. Mickie decide então levar a amiga para casa.

    Já em casa de Melina, as duas decidem ver a gravação do seu anterior combate. Quando a gravação acaba, Mickie decide falar melhor do combate para ver se Melina se animava um pouco.

    Mickie: Mas sabes uma coisa? Eu acho que tu merecias ganhar, estiveste muito melhor que o teu adversário!

    Melina: Pois… Mas foi ele quem ganhou e vai ser assim no próximo combate.

    Mickie: Não digas isso! Irás ser tu a vencedora daquele combate!

    Melina: (suspira quem me dera) Não te esqueças que estou assim do pé… Ah, e já viste com quem vou combater? Isso se chegar a ir ao ringue…

    Mickie: Ainda não vi, mas não vamos falar do teu próximo combate já, vamos falar do outro. Quero saber como foi combater contra um wrestler.

    Melina: Pelo que viste, deu para perceberes que ele não mostrou ser grande coisa! Aliás, ele só foi lá com truques um pouco baixos! Mas também deixa lá, já passou.

    Mickie: Melina, eu sei que estás triste mas tens que te animar, não te ajuda em nada ficares assim! Vá, anima-te!

    Melina: É difícil, não achas? Tu sabes o quanto é difícil perder, sabes como me sinto… Ainda para mais, agora tenho o pé neste lindo estado!

    Mickie: Não é nada de grave! Vais ver que vais ficar boa a tempo do combate! E por falar em combate… Vamos ver contra quem vais ter combater?

    Melina tenta levantar-se para ir buscar o seu bloco de notas, mas como não consegue, por isso, chama o seu mordomo. Este traz-lhe logo o que lhe foi pedido e de seguida volta para o que estava a fazer.

    Melina: Toma! Vê com quem calhei desta vez. Vê com os teus próprios olhos…

    Mickie: Eu não acredito! Não pode ser! É mesmo ela? Como é que ela voltou assim do nada!?

    Melina: Sim, podes acreditar! É mesmo ela. Pois, isso também não sei. Mas gostava de saber como é que ela volta assim do nada, sem mais nem menos… A verdade é esta… Ela está de volta e é ela a minha adversária!

    Mickie e Melina ficam a conversar até mesmo depois do jantar. Olhando para as horas Mickie diz que já é tarde e que é melhor ir embora quando Melina diz para esta passar a noite na sua casa para irem conversando e para no dia seguinte irem para a praia juntas como nos velhos tempos. Mickie aceita.
    avatar
    Amy

    Mensagens : 30
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Amy em Sab Ago 06, 2011 4:57 pm

    Agosto. Para muitos, o mês de muito sol, calor. Mês para descansar. E “traiçoeiro”. Começou mal a semana e parece que vai acabar mal. No entanto, as pessoas continuam a sair. Ir à praia, visitar locais históricos, ir às compras, comer num restaurante, enquanto outros treinam. Anseiam momentos que se tornarão únicos e inesquecíveis. Os planos surgem com o passar do tempo. E não, não são os planos para uma viagem de férias, são os planos para… alguma coisa. Para uma vitória, para celebrar, para agir conforme os factos. Estes últimos dias foram cansativos. O treino intensificava-se, dia após dia. Ficava umas quatro horas a treinar, sem parar. Lita ia ao limite. Caíu no chão. Tentava acalmar-se. Agarrou numa garrafa de água e despejou-a pela cara. Depois de alguns minutos, a lutadora estava mais calma. Pensou que já não faltava muito para o grande dia. O dia em que ia voltar aos ringues. O dia que ia mudar… TUDO!


    Em primeiro lugar, os fãs. Sim, Lita também sentia falta deles. Sentia falta de caminhar até ao ringue e ouvir o seu nome por toda a arena. Mas o mais importante, era ouvir a multidão a festejar, juntamente com Lita, a doce e merecida vitória. “Festejar” de qualquer maneira… Porém, o seu nome não ia ser esquecido tão facilmente…


    Em segundo, os membros da UWA. Também é importante ganhar-lhes… a confiança, a amizade. Até chegar ao que, realmente, importa neste “caminho”, neste magnifico “mundo”. Aí, a estratégia ia ser, ligeiramente, diferente. Uma aliança com um ou vários lutadores, um romance, quem sabe… Mas não com um qualquer. Com o tal… Mas quem poderia ser o tal? Lita também não sabia, mas não faltava muito para descobrir. Bastava seguir os passos de cada um e o que tivesse o “tudo, era o escolhido por ela.

    E o terceiro ponto? Já foi referido.

    Uma coisa que todos podiam ter a certeza: este mês ia ser brilhante, mágico, poderoso… Para uma única pessoa. Para outros, o desgaste e o receio.


    Experiência.
    Inteligência.
    Determinação.
    Poder.
    HISTÓRIA.


    É o que todos vão poder ver, rever e rever, sem nunca esquecer. Quem não gostar, terá de lidar com este simples e bonito facto.

    Já estava tudo na mente da mais simpática diva que este ramo alguma vez viu, ouviu e sentiu.


    Lita: Sou tão inocente… (sorrindo).




    TIC, TAC… TIC, TAC…
    avatar
    Tanana

    Mensagens : 72
    Data de inscrição : 22/12/2008
    Idade : 27
    Localização : Moscavide

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Tanana em Sab Ago 06, 2011 11:49 pm

    No dia seguinte à praia, Melina decide fazer uma visita ao hospital para ver alguns dos seus pacientes e aproveitar para ver se tem a sorte de deixar as malditas muletas que tanto lhe estavam a atrapalhar a vida.

    Já no hospital, recebe a infeliz notícia que não é em 2 dias que ficaria bem do pé e que deixaria as muletas para trás, como tanto queria. Lá, no hospital, vê 5 dos seus pacientes e aproveita para saber como eles se encontram. Pois, apesar de já não poder estar com eles tanto tempo como costumava estar, continuava a preocupar-se com eles, a querer saber como estavam, como ia as suas vidas, se podia ajudar em alguma coisa…

    Durante quase 45 minutos ficou a conversar com eles até que recebe uma chamada anónima.

    Melina: Sim? Quem fala?

    Restrito: (desfarsando a voz) És a Melina, não és?

    Melina: Sim, e tu quem és? Não conheço a tua voz de lado nenhum, mas ao mesmo tempo é me familiar!

    Restrito: Eu sou o teu pior pesadelo! Vais desejar nunca me ter visto a frente!

    Melina: Mas olha lá, tu vais ou não ganhar coragem e dizer-me quem és?

    Restrito: Com o tempo irás saber quem sou eu, mas olha… Toma muita atenção para os sítios que vais, pois nunca se sabe o que te pode acontecer…

    Melina: Bem, meu/minha querido/a… Se pensas que eu fico com medo, só com essas ameaçazinhas estás muito enganado/a! É preciso muito mais do que meras palavrinhas para me intimidar. E nem tu nem ninguém me mete um pouco que seja de medo, agora ganha juízo e fica no teu sítio, para teu próprio bem.

    Restrito: Não te iludas com essas tuas fantasias. Quando menos esperares eu estarei de novo à tua frente.

    Melina: Então, força! Quando, onde e como quiseres! Surpreende-me. (Diz em tom irónico) A mim não me metes medo, como já te disse… Por isso, poupa esse teu latim barato. E agora adeusinho porque tenho mais que fazer do que aturar criancices de gentinha insignificante como tu.

    Melina desliga a chamada sem conseguir perceber o que estavam a combinar do outro lado da linha.

    Despedindo-se dos seus colegas e pacientes, Melina dirige-se para casa, onde se encontrava alguém a sua espera.


    Repórter: Muito boa tarde! Nós somos repórteres e gostaríamos de lhe dar umas palavrinhas, seria possível?


    Melina: Sim! Porque não?

    Entretanto preparam tudo muito rápido e acção.

    Camera on

    Repórter: Muito bem Melina, como se encontra neste momento, depois de uma derrota como a que teve no combate passado?

    Melina: Querida repórter, como vê eu só me encontro mal derivado ao acidente que tive à 2 dias atrás, porque de resto encontra-se tudo muito bem.

    Repórter: Mas não se encontra nem um pouco preocupada com a sua derrota?

    Melina: Queridinha, eu não posso ficar sempre a pensar nas injustiças que acontecem se não, não faço mais nada da vida, não acha?

    Repórter: Sim é verdade, mas nós gostaríamos de saber mais sobre o que aconteceu!

    Melina: O que aconteceu foi o que viram na televisão ou até mesmo no edifício, porque se não me engano vocês estavam no recinto. Não há mesmo mais nada a acrescentar sobre o meu anterior combate, tenho muito mais com que me preocupar neste momento.

    Repórter: Muito bem, já vimos que não nos dirá nada mais sobre o combate anterior, mas será que nos pode dizer algo sobre o seu próximo combate ou já está muito cansada?

    Melina: Cansada? (ri-se) Menina, eu nunca estou cansada! Estou sempre pronta para combater! E, sim posso lhe dar uma ou outra palavrinha sobre o combate.

    Repórter: O que acha do regresso de Lita?

    Melina: Não tenho nada que achar ou deixar de achar algo. É-me indiferente se ela volta ou não. É apenas uma vítima. Contudo, por um lado foi bom ela ter voltado… Apesar que quem deveria voltar neste memento, encontra-se doente e será então impossível o seu regresso (fez uma pausa). Eu sei, eu sei, não era isso que vocês gostariam de ouvir como resposta mas é a resposta que tenho para vocês.

    Repórter: Pois mas… Continuando… O seu combate irá se realizar ou não poderá comparecer e assim perder por falta de comparência?

    Melina: (já um pouco cansada de perguntas um pouco parvas) Está a brincar comigo?! Mas é claro que eu irei ao meu próprio combate, mas porque raio é que eu não iria?

    Repórter: Derivado ao que lhe aconteceu ao pé!

    Melina: O meu pé pode até não estar em bom estado, mas fique descansada que eu não irei desiludir nenhum dos meus fãs e muito menos irei dar o prazer a minha adversaria de me vencer assim tão facilmente, pois tanto eu como ela gostamos de combates equilibrados e que nos façam dar muito luta porque combates simples é para fracos. E é isso que ela terá, LUTA! Eu não só vou ao combate, como darei tudo por tudo para sair de lá vencedora, para que seja o meu nome a soar no final do combate!

    Repórter: Então quer dizer que….

    (Melina tira o micro da mão da repórter interrompendo o que esta ia dizer)

    Melina: Meninos e meninas eu estarei no meu combate para combater nem que tenha que ir de muletas! Agora peço para vocês aguardarem até segunda-feira para verem o espectáculo que vos irei mostrar como demonstração das minhas fantásticas capacidades no ringue! Não vou desiludir, não faço tensões de perder, não vacilarei!

    O camera men filma Melina até esta desaparecer para dentro de casa.

    Camera off

    Ao entrar em casa Melina tem um surpresa a
    sua espe
    ra.
    avatar
    Amy

    Mensagens : 30
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Amy em Dom Ago 07, 2011 10:37 am

    Ilusão.
    Existem pessoas que vivem na ilusão. Pessoas essas que não têm inteligência para ver que a realidade não é aquilo que pensam e que querem. A vida não é um conto de fadas. A vida não é como, na realidade, queremos. Uns iludem-se por amor. São usados como um simples objecto. Seja do sexo masculino ou feminino. Umas flores, uma saída romântica, ou, até mesmo meras palavras podem iludir ainda mais a alma de uma pessoa, podem desviar as desconfianças. Há outros indivíduos que se iludem por outras coisas. Acham que estão na profissão certa. Hum… “Tu não estás.”

    Destino.
    Já está feito. É a ordem natural da vida. Não se pode escapar. Um conceito antigo. Por exemplo, Édipo Rei. Grandioso. Conseguiu tornar-se Rei, casar-se com uma bela mulher. É verdade. Mas vejamos os factos. Quando nasceu, já tinha um destino. Matar o pai e casar com a mãe. Tentou fugir. Não conseguiu. Fugiu de casa, dos pais adoptivos para escapar a esta maldade. No entanto, só acelerou o seu processo para a decadência, a infelicidade, a dor, a angústia. Tragédia. Matou o pai, como referido. Quando se soube de toda e pura verdade, “fez” com que a mãe/esposa se suicidasse. No fim, Édipo cegou-se. Seria este o castigo para ele? Será que, ao não poder ver mais toda a tristeza que causou, é suficiente? Cometeu homicídio, adultério. Merecia pior. "Como tu."


    “Não te iludas. Já nasceste com um destino. Não tentes mudá-lo, porque não vais conseguir. Podes fugir, mas não vais conseguir. Podes tentar alcançar grandes feitos mas, mais uma vez, não vais conseguir. Escuta. O poder é dos grandes, dos melhores. E quem manda, sou eu. Desiste de mudar, de fugir. No fim, acabas no chão, sem forças para te levantares. Ninguém te vai ajudar. Vais ser olhada como uma pessoa fraca que nada na vida conseguiu. O teu castigo… será eterno. Eu sou a Deusa deste mundo e tu… não passas de um simples brinquedo nas minhas mãos”. (pensamento)


    avatar
    Tanana

    Mensagens : 72
    Data de inscrição : 22/12/2008
    Idade : 27
    Localização : Moscavide

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Tanana em Dom Ago 07, 2011 4:27 pm

    Na noite seguinte Melina, encontrava-se a ver uma comedia na televisão, quando o seu mordomo aparece com uma carta.
    Melina ao pegar na dita carta vê que não tem remetente.

    Interrogando-se de quem seria decide abri-la.

    Carta:

    Melina nós avisamos-te que mais tarde ou mais cedo algo te ira acontecer, por tanto aqui está mais uma prova.
    Acreditas-te mesmo que aqueles eram mesmo repórter’s?
    Mas não eram, aquilo tudo foi um plano para podermos tirar partido da tua voz e seguirmos com o que temos em mente.
    Vamos fazer de tudo para tu saíres prejudicada em tudo o que faças, até mesmo no teu querido hospital mas o melhor será nos teus combates, que tanto fazes por amor a tua profissão.
    Podes ficar a espera que daqui a umas horinhas irá te aparecer uma coisa em casa que vais desejar nunca ter visto.

    Com os piores comprimentos, o/a teu/a destruidor/a

    (Pensamento)

    Mas que raio vem a ser isto?1
    Só pode andar a brincar comigo, tenho que descobrir quem é que anda com esta palhaçada.
    Nada poderão fazer para eu desistir do meu combate, como deve de ser o pretendido, mas estão mesmo muito enganados se pensam que irei lhes dar esse privilégio.
    Nunca na vida (grita em pensamento)

    Umas boas horinhas depois Melina estava a abrir o seu armário para tirar a sua camisa de dormir quando ao abrir a porta vê um boneco pendurado com uma corda ao pescoço e com uma mensagem escrita.

    Mensagem:

    Estás a ver esse bonequinho muito giro?
    É claro que estás pois se não, não estarias a ler esta mensagem especialmente feita para ti.
    Isto é que poderá te vir a acontecer, mas atenção será quando tu menos esperas.
    E agora vou te deixar ir dormir com os anjinhos em forma de diabinhos, pois não te iremos assustar de uma só vez, irá ser tudo feito aos poucos para sofreres aos poucos como eu sofri, por tua culpa.

    Depois de terminada a leitura Melina decide ligar para a sua amiga e convida-la para vir ter com ela de manha para tomarem o pequeno-almoço juntas e falarem sobre o que se anda a passar.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [MNS #2] LITA VS. MELINA

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Jun 24, 2018 6:54 am